sexta-feira, setembro 01, 2006

My beautiful butterfly...




Minha linda borboleta
beleza ressuscitada
de múltiplas cores aladas.
Cavalga o dorso do vento
à hora em que o sol declina
lança as asas no horizonte
naquele momento encantado
em que o silêncio domina.
Sustenta em ti a minh’alma
que se expande sem limite.
Breve é o instante do voo
mas percorre o infinito.



Foto by Zosia Zija

25 comentários:

Teresa Durães disse...

Olá,

Gostei!

Boa tarde

Cris disse...

borboletas, tão efemeras e tão eternas...

Muito bonito, bjo
C.

naturalissima disse...

belissimo!
borboletas que só vivem 24 horas, mas sempre belas e felizes...
um bom fim de semana
daniela

Kristal disse...

Liberdade para as borboletas ...

Ana P. disse...

Adoro borboletas, talvez porque no meu mapa astral eu seja como uma borboleta, livre...

Beijinhos

.*.Magia.*. disse...

A borboleta é um bom exemplo da relatividade da unidade de tempo!!!!

O poema está lindo!!!!

Brisas de Magia com borboletas brancas (as que gosto mais)

weg disse...

Breve leve... belo.

Como uma borboleta.

:)

Rita Contreiras disse...

Que lindo! Um instante pode ter o valor de eternidade. grande abraço.

copa-rota disse...

Não fizeste uma má leitura, Glasslife... absolutamente.
E tens razão, quando dizes que não é fácil.
Porém, somos afortunados quando conseguimos vêr com essa profundidade... ainda pra mais nos tempos que correm.
Penso que é tudo uma questão de CRÊR e de QUERER...

Adorei o teu poema e a música... bela escolha!Julgo ter esse album: Guitar trio? Um album preto, com o nome dos três escrito em cores diferentes?

Parabens pelo bom gosto musical e pela veia poética que tens.

Obrigado pla visita ;-)

Bom fim-de-semana!

Luna disse...

Borboletas, seres que despertam de uma crisalida, se tornam lindas, frageis , um sopro de vida, no funtdo tão parecidas com nosco
beijinhos

mac disse...

"Passa uma borboleta por diante de mim / E pela primeira vez no Universo eu reparo / Que as borboletas não têm cor nem movimento,/ Assim como as flores não têm perfume nem cor./ A cor é que tem cor nas asas da borboleta,/ No movimento da borboleta o movimento é que se move,/ O perfume é que tem perfume no perfume da flor./ A borboleta é apenas a borboleta/ E a flor é apenas flor." (Poema de Alberto Caeiro)

O voo infinito da borboleta a rasgar os nossos sonhos, o leve roçar das suas asas, trazem maravilhas às nossas vidas.

Minda disse...

Bonito poema. Palvras simples mas mágicas. Bom fim-de-semana.

Louco de Lisboa disse...

Linda a forma como tranformaste um breve momento numa eternidade...

Beijo, até outro momento!

herético disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
herético disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
herético disse...

... a crisálida se fez borboleta em vôo multicor... muito belo!

Cristiano Contreiras disse...

Breve é o instante do sentido...

amazing disse...

Borboleta, esse ser belo, que ningué, consegue fazer mal, vive, voa livremente e é feliz!
Quero ser uma borboleta.

A Lei da Rolha disse...

É pena durarem tão pouco. Certamente, teríamos um mundo mais bonito....

JMB a.k.a. GIRASSOL disse...

pousam ávidas nos ombros da eternidade e cingem-nos à contemplação

woman's secret disse...

muito lindo estas palavras que partilhas :)
beijos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

beijos e boa semana

FOTOESCRITA disse...

E eu que adoro borboletas! Adoro aquela fragilidade translúcida das asas e os movimentos suaves de pousar na vida. Podemos ser como elas.

frog disse...

Este belissimo poema, sugeriu-me um poema publicado no meu último livro:

És um ser alado
qua a nada se prende
em tudo se move

Na brisa suave
tu és bailarina
vacilante e frágil

Nas asas do vento
tornas-te felina
imprevista e ágil

No azul do céu
viras fantasia
derramas ternura

Nas asas do sonho
tu és poesia
tu és aventura

Mas há um instante
em que tudo se prende
e nada se move
num tempo sem fim

Quando vens serena
bela e fulgurante
e poisas em mim.


Para ti... com um beijo

tiago dias disse...

voamos nas asas de pólen da borboleta do mundo... e assim somos felizes! :)