quarta-feira, setembro 13, 2006

Malmequer no escuro...





Mal me quer, bem me quer…
Na escuridão quem vai saber?
Pétala sim, pétala não…
Desfolho-as na minha mão
E dê a sorte o que der
Só vou ficar intrigada
Será muito, pouco ou nada?



Foto by Jean Sébastien Monzani

33 comentários:

copa-rota disse...

Entre várias coisas que ignoro, está a razão desta flôr ter um nome tão negativo...porque não, bem-me-quer?

Ainda assim, uma bela flor...talvez a flôr mais romântica de todas.

Gostei do poema e da foto...
e Maria Rita, bem...quem sai aos seus...

One crystal kiss, glasslife...

copa-rota disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
copa-rota disse...

Excluí o comment de cima, porque postei em duplicado...sorry.

my mistake...

Fica bem!

Teresa Durães disse...

(a copa-rota pôs uma boa questão quanto ao nome da flôr)

E sorri no fim com o "ficar intrigada"... porque não existe um nome a quem atribuir ou ...?

:)

(costumava fazer esse jogo mas de cedo larguei logo porque... adivinhe-se... ahahahha...)

Gostei imenso!

JPD disse...

O mais confortável é que seja o que se quiser.

sotavento disse...

Às escuras?!... ;)

Pinkerton disse...

Perdón por no falar portugues, solo portugnol.ºEscrivo desde Chile.
Cuando conheci Lisboa. Me enamoré de sua grandeza e sua preseça encantadora.
Con Pessoa he feito um viagem eterno a traves de dom Sebastiao, el mosteiro dos Jeronimos, Martinho da arcada y A brasileira. Con um pasteis de nata e uma bica en meu coraçao.
Muitos respetos.

Estranha pessoa esta disse...

Intrigada?

O ser humano ficar intrigado tem sempre qualquer quê de positivo..
Digo eu :)

Gostei muito das linhas e da photo.
bjs**

Luisa disse...

Vai dar muito com certeza! Tanto faz desfolhar o malmequer de dia como de noite porque sobre o amor ele nunca se engana!

Luisa disse...

A copa-rota diz "quem sai aos seus". Quem é o teu Pai ou a tua Mãe a quem saistes nos versos?

melgadoporto disse...

Na nossa vida, e em todos os aspectos que ela encerra, é a interrogação mais recorrente.
Mal me quer(em), bem me quer(em).
É quase sempre uma pergunta no escuro.
Pois nunca sabemos com claridade se será muito, pouco ou nada!
:)

Lmatta disse...

Nao sei o que te diga menina.
coisas de flores mal-me-quer bem-me-quer e ainda ha noite que é tudo escuro sem cor
bem um beijo amigo
h.matta

sónia disse...

adorooo malmequeres...acho que são mesmo das poucas flores de que gosto..e papoilas tb ;)

Cris disse...

Espero que seja tudo de bom!!!!

Bjo

C.

A Lei da Rolha disse...

Não se pode alterar o destino! O poema que nos proporcinas é divinal!

weg disse...

Bonito.

:)

Sempre gostei dessa branca magia do mal-me-quer.

mas e quando a pétala se parte, o que será?

nim?

:D

diabinho disse...

Será aquilo que tiver k ser se descobrires e não ficares a pensar como seria...
:-)

happiness...moreorless disse...

amei...tanta simplicidade num poema

beijinhos*

herético disse...

pétala, sim
pétala, não
cada qual
sem igual...

Vanda Baltazar disse...

:) bem te quer!!!! :)

só pode!!! e se assim não for, quem fica a perder são "eles" ;))

Gosto muito deles, dos mal-me-queres, empertigados na sua simplicidade de flor do campo...

Um ramo deles, bem frescos, para ti!

Um beijinho

Van

Vanda Baltazar disse...

:) bem te quer!!!! :)

só pode!!! e se assim não for, quem fica a perder são "eles" ;))

Gosto muito deles, dos mal-me-queres, empertigados na sua simplicidade de flor do campo...

Um ramo deles, bem frescos, para ti!

Um beijinho

Van

Kristal disse...

Será muito !
Muito bem.
Muito amor.
Muito tudo de bom.

Ana P. disse...

Andei desaparecida. Fugi para terras francesas, mas regressei.

Beijinhos

Francieli Rebelatto disse...

Muito bonito, sikples, mas isntenso, gostei...

beijos

.*.Magia.*. disse...

Eu acho que o malmequer é mentiroso...não acredito nele...a vida é feita de mil respostas...e ele tem muito poucas para me dar...é muito restrito ;)

Gostei da beleza das tuas palavras, e do sentimento que se entrelaça nelas...

magical kiss 4u

naturalissima disse...

Com simplicidade tocas-no com a tua sensibilidade de nos querer bem!
Estou ausente, sofrendo uma grande perda...
Um beijo
Daniela

mac disse...

Sempre me perguntei se aquelas pétalas pequeninas também contam. E quem não resiste a tirar as pétalas ao mal me quer?

Licínia Quitério disse...

O malmequer e o teu post têm a mesma alegria serena.

Diana disse...

ahh

cute cute cute

:) *

woman´s secret disse...

Que me calhe bem me quer...
Beijos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

De passagem e a correr para te desejar um bom fim de semana
beijinhos

o alquimista disse...

Malmequeres?! Prefiro hortencias, são pingos do ceu luzeiros nas cumeeiras...

Doce beijo

Bia disse...

Na vida, mesmo quando pensamos que o sol está lá é dificil aceitar um "mal-me-quer", arrancamos outro e tornamos a contar á espera que nos saia um "bem-me-quer", quando estamos no escuro nem a flôr conseguimos ver.