quinta-feira, junho 04, 2009

o amor




ah amor… já lá dizia a minha avó… bom esqueçamos o que dizia a minha avó que não fica bem aqui num blog tão bem comportadinho mas lá que me apetecia ir buscar os ditados da família toda apetecia-me e tudo isto porque a palavra amor tem muitas interpretações é o que todos dizem ele é o amor universal o amor maternal o amor filial… e eu só tenho que acreditar embora me pareça que esse é o amor em inglês love que serve para tudo em português amor é mais o que a minha avó dizia mas passemos à frente agora arranjar uma foto para este tema tão lato já é um bocadinho demais até porque não tenho fotos correspondentes à definição da minha avó assim não sei porquê apeteceu-me pensar que amor é um cadeado com um coração inscrito ao abandono numa ponte solitária uma coisa assim parva que me deu…


[No PPP a palavra desta semana é amor. A definição da minha avó, só a digo em privado. A foto foi tirada em Praga.]

24 comentários:

triliti star disse...

...a praga do amor?

Paula Raposo disse...

Pois é...o amor é mesmo imenso! Basta senti-lo...beijos para ti.

Laura disse...

Que lindo! Como aprendemos coisas maravilhosas com os outros...

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

innername disse...

uma corrente á mercê do tudo ou do nada. Um abandono ás vezez acontece precedido por um amor que se julgava eterno. O aloquete enferruja mas mantém-se a aprisionar-nos os afectos. Lá em cima, na foto de Praga, mantém-se estável. Cá em baixo, parece mais dificil manter a estabilidade.
Lá em baixo: http://ninaowls.multiply.com/video/item/2568/2568

~pi disse...

sim, de algum modo, o amor,

de

alguma

forma

vezes demais,

( praga, repito acima,,,



beijo




~

Justine disse...

Gosto muito da tua "coisa assim parva" que te deu...e quase consigo adivinhar a definição da tua avó:))

Secreta disse...

Amor , palavra e sentimento tão caros , e por vezes tão banalizados.
Gostei da pic :)

in_side disse...

pouco sei o

que sei

vem-me em

fragmentos

se o amor nega a morte

se os cadeados, se,






*

Licínia Quitério disse...

Não precisas revelar o que dizia a tua avó. A tua foto também é uma revelação. O Amor aparece em lugares inesperados e aparentemente inóspitos.

Um beijo.

Cöllyßry disse...

Na dor à um cantinho do amor, no amor à um cantinho da dor...


|)’’()
| Ö,)
|),”
|Terno beijo

Mar Arável disse...

Pois

a coisa

constroi-se

conquista-se

e mesmo assim não é eterna

[ rod ] disse...

Amor é tudo... em várias vertentes e em ampla ascensão e declínio.

gostei da brincadeira do PPP..rsss

Bj,




Novo dogMa:
históRias...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

pin gente disse...

é sinto-lo... e pronto!
beijos

mena m. disse...

Continuaria a ser amor se o fechassemos a cadeado e deitássemos a chave fora?

O amor é tudo e nada!

mundo azul disse...

__________________________________

O amor tem muitas definições...Cada qual o vê de uma forma diferente...


Gostei do seu texto! Leva-nos a pensar...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

___________________________________

Violeta disse...

Afinal esta tua coisa parva resultou bem...
bjs

Marko Rebelo disse...

bonita cidade, Praga...:)

Maria Clarinda disse...

Pois...li as entrelinhas....rs.
Adorei a foto...também ela tem enrtelinhas...sabias?
Jinhos de carinho

heretico disse...

"quem sai aos seus, não degenera", ja dizia a minha avó.

... e a tua avó sabia umas coisas. de amor...

li num fôlego. e continuo a saborear...

beijo

Ás de Copas disse...

O Amor...
Tão dificil que é explicá-lo, defini-lo, dar-lhe palavras e até dar-lhe imagem...

Amor é:













Um cheio de tudo.

ParadoXos disse...

e faz bem a alma!
oh se faz
!


abraço fraterno!

bettips disse...

E amor também é cadeado, dizem, parvo e de antanho. Gostei muito, claro, original q.b. Que de assertivas serem, ficaram-nos as nossas avós na mente!
Vamos folgar, nós, com os biliões de definições que vamos vendo e conhecendo.
Um beijinho (de fugida pela chuva)

Oliver Pickwick disse...

Não sei qual é o mais enigmático, se o texto ou a fotografia. Enfim, certos conceitos são como os sonhos, somente o sonhador conhece o significado.
Um beijo!