domingo, dezembro 14, 2008

Devia escrever sobre o Natal...




Fogem-me as palavras nestes dias de sentimentos ambivalentes. Devia escrever sobre o Natal, as Festas, este espírito obrigatório de bondade e solidariedade. E as palavras rebelam-se. Não sei falar de fantasmas dos Natais passados nem prever os dos Natais futuros. Nem sei bem dizer porque, no meio das luzes e do calor das reuniões de entes queridos, me doem todas as solidões do mundo. Somos mais frágeis nesta época? Mais sensíveis ao que contradiz o clima de paz e amor da quadra? Fogem-me as palavras, sim. Foge-me a memória para todos os que deviam estar na minha vida e (já) não estão. Vagueia o pensamento por quem, passe o lugar comum, não tem Natal. De que serve a solidariedade com data marcada? Como diz António Gedeão:

"É dia de pensar nos outros— coitadinhos— nos que padecem,
de lhes darmos coragem para poderem continuar a aceitar a sua miséria,
de perdoar aos nossos inimigos, mesmo aos que não merecem,
de meditar sobre a nossa existência, tão efémera e tão séria."


É essa a hipocrisia da data. Não sendo católica, falha-me o seu sentido religioso. E o profano enferma de todas as contradições inegáveis.
Podemos ser felizes no Natal? Devemos. Como nos outros dias, a nossa vocação deverá ser a da felicidade, ou a das pequenas felicidades que a constroem. Mas isso já é toda uma outra história…


[Feliz Natal a todos os que por aqui passam. Volto lá para o fim do mês.]

47 comentários:

Felinea disse...

como se a reflexão sobre todas as coisas da vida tivesse lugar apenas em uma data específica.

adorei tuas palavras.

miados doces daqui.

Paula Raposo disse...

Subscrevo. Bom regresso lá para o fim do mês. Muitos beijos.

innername disse...

ANTÓNIO GEDEÃO SÁBIO E IRÓNICO...
sabes Alice,percebo bem de que falas, não há natal maior do que aquele em que sentimos, no dia a dia termos sido de alguma forma uteis ao proximo...porque o natal em si, a época comunga hipocrisia a par de outras coisas...ai a saudade que os mortos me fazem nesta altura torna-se insuportavel. Insubstituiveis todos os que se foram. Levaram com eles o natal grande e deixaram-me ficar o natal pequenino, todo dedicado aos meus filhos

hfm disse...

Como te percebo! O melhor Natal.

Arménia Baptista disse...

Vida de Vidro, o Natal já não é «O Natal»....Infelizmente outros interesses se sobrepõem....
No entanto as fragilidades, essas resurgem sempre nesta época...
Só resta tentar reverter...
Um Feliz Natal...e obrigada pelos votos.:)

mac disse...

É como dizes: de que vale a solidariedade com data marcada?
Não me identifico com este Natal comercial, mas de qualquer maneira Feliz Natal a todos os que passam por aqui!!

Esyath disse...

Pôxa,

li e me vi. Vi e me li.
É complicado o Natal... mexe com a capacidade tipicamente humana de nos dissimularmos... De que adianta sorrir para o inimigo, se você vai continuar não gostando dele no dia seguinte? E de que adianta celebrar, quando tantas vidas estão se esvaindo por as ignorarmos? Concordo... é muita hipocrisia... Mas ainda acredito que é uma data que pode nos mudar, se estivermos dipostos a isso...

Beijos (Des)conexos!

PreDatado disse...

Feliz Natal para si também.

cõllybry disse...

Parece que só no neste epocas se lembram de ser solidário, está tudo alterado, só falam no Pai Natal, onde fica a familia, seria esse o Espirito...

Gostei das Tuas palavras...

Terno beijo

mundo azul disse...

Eu também não acho que todo mundo tem que fazer homenagens de Natal... Faz quem gosta, se inspira...

Confesso que o Natal também não é uma fonte de inspiração para mim...


Beijos de luz e o meu carinho!

Volte logo, estaremos com saudades...

Violeta disse...

excelente texto sobre o natal. Adorei.
Diverte-te!

Entre "aspas" disse...

Eu estou completamente de acordo contigo, o Natal é uma festa de consumo, e não a festa da família,compra-se os adultos com os presentes,tal como ás crianças,m vez de lhes darem amor e carinho durante todo o ano.
Bom início de semana amiga
Bjs Zita

triliti star disse...

natal é quando um homem quizer.


alguma vez irá querer ?

triliti star disse...

natal é quando um homem quiser.


alguma vez irá querer ?

triliti star disse...

nunca falha. escrevo sempre com "z".


um beijo

triliti star disse...

lá para o fim do mês, então os meus desejoa de bom ano.

*flor* disse...

Hoje é dia de reflexão... hoje é todos os dias...

=)

feliz natal

beijinho*

mena m. disse...

Também concordo que o Natal está deveras comercializado, irrita-me solenemente ver os centros comerciais já cheios de artigos de Natal no princípio de outubro!

Também sinto a ambivalência, também me pergunto se é legítima a festa, a alegria,a paz e o amor,sabendo da miséria, da fome, do abandono de tantos!

Por outro lado está nas nossas mãos decidirmos como queremos que seja o nosso Natal.


A ausência dos que já partiram, parece tornar-se ainda mais presente nestes dias, mas tenho consciência de que também os meus pais e avós sentiam com a mesma força a saudade dos que já não estavam, mas isso não os impediu de encher de magia os natais da minha infância!

Para ti também um bom Natal!

Círculo Literário disse...

Belas reflexões...toda hora é pertinente para se pensar....
Bom retorno!!!Aguardo você!!

Lmatta disse...

Bom natal
goste do teu texo
beijos

Mar Arável disse...

Assino e aplaudo

CNS disse...

Um Bom Natal para ti!

um beijo

bettips disse...

Festejemos a família possível, as crianças. Da forma mais humilde e verdadeira que pudermos.
Bj

Vieira Calado disse...

Venho também desejar-lhe um

FELIZ NATAL

Beijinhosss

heretico disse...

ate breve. beijos...

O Profeta disse...

Sabia apenas que era um pequenino naquela longa noite
No celeste um luminoso sorriso me chamava
Lançou-me aos olhos raios de deslumbrante luz
Era a minha prenda, uma brilhante…Estrela Alva…



Um Mágico Natal para ti querida amiga que ao longo deste ano me visitaste. Que a Estrela Alva te ilumine neste Natal.






Mágico beijo

Nilson Barcelli disse...

Concordo contigo.
Para mim, o Natal que vale mesmo é o da família. O resto...
Feliz Natal cara amiga, beijinhos.

~*Frau Sant'Anna*~ disse...

O dia de se fazer o bem são todos. De nada adianta sermos bons em apenas um dia.
Falou bem, digo, escreveu bem.

Feliz Natal

Grande abraço

Amaral disse...

Estava concordando com todas as tuas palavras, quando elas acabaram...
Um Natal feliz, com muitos momentos agradáveis na tua árvore de presentes.

tulipa disse...

Pelo Mundo fala-se na crise de valores e ideias.
Pudera! Só dão importância a mesquinhices...

Com o Natal à porta, os meus votos são:
Que nunca cesses de encontrar novas possibilidades na vida e em ti próprio.
Que mantenhas dentro de ti uma Paz que nada possa destruir.
Que o ano 2009 seja tal como desejas.
Beijos.

Hoje é daqueles dias em que o sol devia entrar pela janela da casa e levar a hipocrisia que fustiga muitas almas...

Retribuo e agradeço os votos de Boas Festas.

~pi disse...

toda a luz por dentro,

feliz tempo com ou sem nome :)




BEIJO

Mateso disse...

Talvez discorde, talvez.. porque o Natal ,na minha opinião ,somos nós. Afinal quem tanto mudou e aleivou fomos nós. O que em redor de nós persiste, mais do que existe, é o nosso reflexo, a nossa comercialização sentimental. Mas existe ainda Natal porque também e ainda Nós Somos!
Beijinho e um Feliz Natal.

batista disse...

por agora, algumas palavras, poucas, mas o necessário para desejar-te um Bom Natal!

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

FELIZ NATAL e beijos

maria{SS}

pront'habitar disse...

deixo aquele lugar comum, mas não há razão para não o fazer:

bom natal e bom 2009

rosasiventos disse...

( cov-inha-essa-linha sem olho que as-sina


bom (tudo *

Maria Clarinda disse...

Olá, como não poderia eu subscrever, este teu texto!!! Sinto-o na mais pequenina entrelinha do teu pensar...
Lindo!!!
Até breve e já agora a frase comum...Festas Felizes...
Jinhos mil

Amaral disse...

Na verdade, o Natal terá de ser todos os dias!
Que todos os dias do novo ano sejam, então, natais de doce sabor, momentos desdobrados de amor colectivo, que nos faça ser aquilo que desejarmos em cada momento da vida...
Natal feliz para ti e para tudo à tua volta!

as velas ardem ate ao fim disse...

Feliz Natal!

(compreendo bem o teu texto)

um bjo

Lmatta disse...

Bom Natal

Baudolino disse...

Feliz Natal. Também eu devia... Talvez...

rakel disse...

Palavras comuns ao que sinto nesta época.
Contudo, desejo-lhe umas festas felizes, é da praxe, não é?
Um beijo
rakel

markus disse...

Feliz Natal e 1 mt próspero Ano de 2009.Bjos*********

JPD disse...

Feliz Natal!
Bjs

meus instantes e momentos disse...

Ilumine o Natal com esperança de amor, esperança de dias melhores. Ilumine um olhar, com cumprimentos de felicidades e paz. Ilumine seus dias, para que deles sejam lembrados, os melhores instantes e momentos de alegria. Ilumine sua família, para que não esqueçam que a base de tudo é amor e compreensão. Ilumine seu natal, para que não seja mais uma festa, e sim uma lembrança de uma época inesquecível e abençoada. Feliz Natal!!!
Maurizio

Roderick disse...

Festas felizes!

Stella Nijinsky disse...

Olá VV

O sentido religioso do Natal não é mais do que um sentido Humano e moral. Portanto, é o teu também. Não é para os católicos, mas para todos os homens.

É algo que nos cabe a nós.

E assim sendo, feliz Natal!


Um beijo,

Stella