quarta-feira, agosto 08, 2007

Verde azul




não sou o meu sonho. verde azul. da cor dos olhos dos pastores que tocam flauta. e das princesas que choram. não entram na minha história reis tiranos. nem belas encostas de prados verdes. ou vales profundos onde as lágrimas caem. na terra que piso não brotam flores azuis rosa brancas. nem a água ferve. no desvendar de mistérios inquietantes. e as gentes não se sentam a olhar o mar. durante horas. como se lhes escutasse os segredos. sou de terras castanho verde prosaico. de uma paleta limitada. onde as lendas são de castelos e mouros. e heróis da cristandade. terras de gente de outras cores. olhei o meu sonho. nos olhos tinha água verde azul. encontrei a inquietação da beleza perfeita. a angústia de não poder lançar o voo sobre a paisagem. a impossibilidade de a guardar. em mim. verde azul.




Foto: S. Miguel, Açores, Lagoa das Sete Cidades

32 comentários:

Naeno disse...

Descrevestes a vida de muitos. A minha por exemplo, foi constatada em cada ítem, em cada visão, em cada verdade lida no teu texto que, diga-se, um magnífico texto.

O que há só com o meu coração
Será, só de mim toda dor.
Insistente, esse amor,
Viverá só em mim.
Eu terei, de chorar quando quero sorrir
Eu terei de viver,
Quando eu quero morrer,
Só pelo meu coração?

Vou linkar o teu blog entre os meus preferidos. Espero que nos prestigiemos frequentemente.

Um beijo,
Naeno
Este teu texto é uma poesia, acho que sabes disso!!

bettips disse...

Que sorte a tua veres MESMO o sonho! Azul e verde como a doçura da lenda/lágrimas de princesa, tb tuas. Olha A. terás de ir mesmo a Praga, tu que és a das distâncias de vidro... As fotos e a descrição que tive são poéticas - mas duma vivência enorme num país a despertar, ainda. E já cheirando a Oriente, aqui tão perto. Bjinho

SANTIAGO disse...

azul e verde. não está mal

Carracinha linda! disse...

A paisagem que aqui mostras foi captada de forma perfeita. Acho que a guardaste muito bem.

Beijocas

AMMedeiros disse...

Naturalmente linda. Magnífica descrição! Profundo e belo o senti-la...

Um beijo

PintoRibeiro disse...

Texto cristalino. Um dos mais belos locais que já vi.
Bjinho,

CNS disse...

Tão profundamente azuis, estas palavras-sonho quase-verdes.

João Cordeiro disse...

Sem saber e vindo nas asas de um sonho, aqui pousei… e gostei da beleza que encontrei.



Beijinho sonhador

maria josé quintela disse...

deves guardar dentro de ti o verde azul. para usá-lo quando dele necessitares. porque é possível guardar os sonhos!

foto fabulosa!

Lmatta disse...

Lagoa das 7 cidades
bela a tua historia
gostei beijos

pentelho real disse...

Não conheço os Açores. Sei que é lindo porque aqui no palácio quem lá foi, assim mo diz. Mas li as tuas palavras e essas sim, eu posso dizer: são lindas.
No meu reino há também paisagens muito bonitas e cá no palácio há um cão, o Santiago, que é amoroso.

C Valente disse...

lindo, uma porsa muito bem conseguida, como um poema
Saudações amigascom um beijo

Blueshell disse...

Muito bonito e muito bem escrito. Parabéns. Beijo azul,
BlueShell

Klatuu o embuçado disse...

Essa dos pastores que «tocam flauta» fez-me lembrar uma cena nada poética... enfim, esquece, está muito calor... :)

Dark kiss.

João JR disse...

Belissimo texto vida!!!
Umm gd beijinho p ti..

Carol disse...

Inteligentíssimo texto, parabéns!!!
beijão!

naturalissima disse...

"...encontrei a inquietação da beleza perfeita. a angústia de não poder lançar o voo sobre a paisagem..."

Beleza no falar dos sentidos.
Verde Azul do teu olhar, do teu sentir.
Bonito momento...

sonhadora disse...

Cheguei!
Vim deixar-te beijinhos embrulhados em abraços com a alegria e amizade do costume.

Licínia Quitério disse...

O magnífico verde-azul encharcou a tua prosa-poética. E o resultado foi muuuito bonito.

Beijinho.

irneh disse...

A imagem perfeita com o texto perfeito. Gostei dos dois.

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Lança-te... vais ver que sabes voar (daqui, consigo ver a grande envergadura das tuas asas...).
Aliás, o texto já é um magnífico voo (que bem tu voas).
Gostei de tudo, mas o verde prosaico encheu-me as medidas. Criatividade não te falta.
Bfs, beijinhos.

Nomundodalua disse...

que imagem tranquilizantee!! adoreiii..:)
vc é tudo..seu sonho , fantasia, realidade, crenças, tristezas, angustias, alegrias..:D
e essa possibilidade eh maravilhosa neh mesmo?? o texto todo me dxou tranquila..tinha tanto azul e verde, que soh sentir energias positivas..hohoho :D:D

bom fds!
namastê..

Carlos Campaña disse...

Hola
Muito bom e profundas palavras
deixo aqui meu recado e te convido para visitar mis blogs espero que goste e deixa um recado. Saludos desde la Isla del Fuego
http://yosoy13msn.blogspot.com
http://yosoy13.spaces.live.com

Menina do Rio disse...

Sou terra... cujo solo brotam flores! Lindo!

beijinhos

jorge vicente disse...

que texto tão bonito!!! verde azul, da cor dos nossos sonhos.

um abraço
jorge vicente

jawaa disse...

A foto, as fotos, são fabulosas.
A tua escrita é transparente como tu.
Diáfana e também real porque só o sonho nos dá o verde azul da lagoa.
Abraço

Estrela do mar disse...

...minha querida, eu sinto que vais a caminho desse verde azul...acredito bem que sim...e tu lá bem no fundo também tens que acreditar...


Cont. de um bfs.


Beijinhos estrelados:)

Maria Clarinda disse...

Lindo o teu post...basta fechar os olhos e"...a angústia de não poder lançar o voo sobre a paisagem. a impossibilidade de a guardar. em mim. verde azul"...Jinhos, adorei.

mcorreia disse...

lindíssima poesia! lindíssima lágrima suspensa na imensidão do espaço: o teu espaço de encontro verdeazul

PintoRibeiro disse...

Bom domingo, boa semana, bjinho.

ninaowls disse...

a sensação verde azul é mais que visual não é? entram-nos os fantasmas, mesmo os que não conhecemos. bela foto alice

M. disse...

Repito-me: gosto muito.