domingo, agosto 12, 2007

A casa escondida




E havia aquela casa escondida. Um mundo de mistérios e interrogações. Um labirinto não visível a quem passava ao longe. Só perto. Muito perto. Com os anos a casa tinha-se misturado com o meio. Abraçava as árvores e o mato que a rodeavam. Deixava entrar o sol que nunca a desvendava por inteiro mas lhe iluminava os dias. Só ele a tornava visível. Parcialmente. No interior a sombra aninhava os segredos por conhecer. Quem se aproximava julgava vê-la. Uma casa sem nada de especial. Não sabiam o seu interior. Escondido.

37 comentários:

Maria Clarinda disse...

E no seu interior de certeza ,existiam muitas histórias de magia, histórias que trariam vida a quem conhecesse o seu interior...belo!
Jinhos mil

mac disse...

Às vezes o que está escondido é mais belo que aquilo que está à mostra. E também deixa voar mais a nossa imaginação.

Carracinha linda! disse...

Certamente que uma casa assim tão bem escondida tem muitas histórias para contar.

Beijocas e boa semana!

naturalissima disse...

Misteriosamente bela e rica de histórias.
Lindo!

triliti star disse...

bucólico, a fazer quase ouvir muito baixinho o pipilar de avezitas.
a sugerir-nos o drama ou, simplesmente, o sossego duma rotina quase feliz, dentro da casa.
fez-me saudades de antigas aldeias onde por vezes apareciam lugares parecidos e tive vontade de andar por lá.
foi bom ser levado às minhas recordações.

hfm disse...

Talvez por isso mesmo - imprescindível!

Thiago Forrest Gump disse...

Bela imagem! :)

conchita disse...

Quando isso acontece é porque foi abandonada...
Boa semana :)

C Valente disse...

bela narrativa, o escondido tambem pode ser belo
Saudações amigas

Hands of Time disse...

A nossa casa é sempre acolhedora!!! Misteriosamente acolhedora!

Milla Loureiro disse...

Adoro essas historias de casas e prosas...bjs

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

" Se não fosses parar aos gays e ao aborto é que me espantava... "

Não estarás a confundir o acessório, um exemplo, com o essencial?

Seja como for belíssimo texto. De passagem para deixar um abraço.

jawaa disse...

Pois é. Como nós.
Um dia vai ser recuperada... só temos de esperar que não lhe alterem a traça e mantenham o arvoredo!

Naty disse...

Olá maravilhoso.voltarei
bjs naty

sonhadora disse...

"A paixão é meu destino
meu final
e meu começo"

Maria Teresa Horta

Beijinhos embrulhados em abraços

Muito interessante o teu post.

carteiro disse...

(penso que) qualquer carteira adora descobrir e/ou entregar cartas em casas assim.
Gostei muito das tuas palavras... que bem me deixaram a ânsia pela descoberta.
boa semana.

Entre linhas... disse...

Linda e bela como toda a sua história envolvente.
Bom início de semana
Bjs Zita

Páginas Soltas disse...

Normalmente por detras de uma casa, estão vidas escondidas, histórias perdidas no tempo.. beijinho

ninaowls disse...

a ideia. uma casa envolta em secretismo. um esconderijo de histórias impróprias. uma identidade a buscar. abraçada à paisagem camuflava-se e abria-se. como se ser secreta tivesse pausa e se abrisse só nessa demora das têmporas alheias. ou não. kiss

Pierrot disse...

Impressionante

Estava a ler-te e a imaginar um qualquer intróito de um livro como os fidalgos da casa mourisca, ou uns maias...
Estilo muito bom!
Quanto ao conteudo, fica a dar ganas de entrar pela foto dentro, e descobrir essa casa tua.
Bjos daqui
Pierrot o regressado

PintoRibeiro disse...

Tentei situar os exemplos.
Bjinho,

O Profeta disse...

Errantes fragrâncias, soltas no dia
Tanta paz, tanta verdade incontida
Tanta fé, no caminho da vida
No céu, grito de pássaro de asa ferida



Profetico beijo

Licínia Quitério disse...

Nós... as casas. Quem sabe dos nossos quartos escondidos?

Essas fotos!!

Beijinhos.

lamia disse...

Assim nos tornamos nós, na nossa inércia de ser... casas escondidas.

PintoRibeiro disse...

Vida de Vidro.
Com todo o respeito li a tua opinião. Agora: crentes ou não, religiosos ou não, ( o que é diferente ), mais ou menos ateus, penso que a todos nos diz respeito uma necessidade Ética comum face ao Homem, face às coisas. Para lá das divergências pontuais eu defendo que há ou deveria haver um conjunto de princípios inerentes à espécie humana. Que são património de todos. O direito à vida, sim, por exemplo, à dignidade humana, ( o que é diferente de direitos humanos, algo muito mais cultural e que não esconde uma enorme arrogância moral e intelectual de um certo Ocidente ), mas também o direito à Fé e ao Sagrado. Como o contrário, claro. Algo que, penso, não se verifica no nosso actual quotidiano. Se calhar porque a Fé, em tempos de facilitismo, incomoda e é exigente.
Quanto a Radtzinger, já o disse. Não sou católico. Não me me especialmente simpático. Mas reconheço nele uma enorme craveira intelectual e, de fora, ( porque não sou católico ), vejo nele o homem capaz de liderar e inverter o estado anémico a que chegou a Igreja Católica.
Bom feriado, bjinho.

madrugada disse...

A prosa desta casa-,encontra- se na arquitectura destas palavras!

O resto nunca se esconde;
-Encontro sempre por cá.

Amaral disse...

A casa de cada um. Escondida, por vezes, aberta a todo o mundo, outras vezes...
No interior, a voz duma vida, os múltiplos passos por entre labirintos desconhecidos...

Alê Namastê disse...

Parece a casa que mora em mim.

Lindo texto!
Beijos

bettips disse...

Já tinha andado a vistoriar todo o "flick" e todos os mistérios que foste colhendo. A casa parece-me bela, com assombro de sol e sem assombramento. Bjinho

brisa de palavras disse...

as casas guardam sempre tantos segredos, que nem os próprios habitantes os conhecem...
A vida é um mistério!
um abraço
brisa de palavras

carla granja disse...

olá! nossa! adoro essas casa com tanta historia para contar. tenho uma perto de nélas k kuando vou lá de inverno e está neve da janela do sótão dá para ver a serra da estrela cheia de neve , é uma casa linda feita de pedras de granito e a entrada ´e linda com uma arvore centenaria ,adega,pa fazer o vinho é lindo . amei .
bjo
carla granja

M. disse...

Gosto muito.

AMMedeiros disse...

E assim são são muitas casas d'alma...

Um beijo

Francesca Lambruscco disse...

Em todos nós existem casas escondidas, lugares prostados e cegos a quem tanto procura encontrar.

Gostei.

:)

tolilo disse...

PARECE A PAISAGEM DA TERRA ONDE EU NASCI.
GOSTO MUITO.

mcorreia disse...

sou sim uma mulher de saudades

herético disse...

as casas são como outros lugares (ou pessoas). apenas se revelam quando os habitamos.

excelente este teu texto-metáfora!