quinta-feira, maio 17, 2007

Grito preso




O Grito, óleo sobre tela de Edvard Munch


se o grito saísse
se o som alcançasse o longe mais longe
se a voz me ajudasse
e lançasse o eco por esses caminhos
talvez se soltassem os nós que atam
o peito que arde
talvez se rasgasse o véu que tapa
os olhos que doem
talvez visse hoje no ecrã cinzento
a vida a cores
diferentes.
se o grito
da voz
e o eco
no peito
e as cores
nos olhos
talvez…


[Em Agosto de 2005 escrevi este texto. Agora, sem grande vontade de escrever, pareceu-me adequado. E já que por aqui passou Munch na sensualidade, porque não na angústia?]

32 comentários:

PintoRibeiro disse...

O "meu" quadro. Obrigado.
Bjinho, boa noite.

as velas ardem ate ao fim disse...

Belissimo.

E grande homenagem.

bjos

Entre linhas disse...

Uma bela homenagem.

Bjs Zita

Nilson Barcelli disse...

Escreves bem, é um facto.
O que eu não sabia é que isso já vem de longe...
Magnífico poema, gostei muito.
Beijos.

A.S. disse...

Se te apetece gritar grita!
Numca reprimas o grito dentro do peito!


Um BeijO...

Nomundodalua disse...

ow..
tão delicado o seu post..
é como se desse pra sentir sua dor, não dá! mas, você expressa tõ bem o que sentes, que é dificil nãos e sentir tocada..

:)
fique bem!
x***
tô te linkando viu??

sonhadora disse...

sonhos com muita magia.
Beijinhos embrulhados em abraços

Ana Rita disse...

Quando a boca se cala
mas o coração fala
e o peito grita

Quando os lábios se fecham
mas a língua deflora
e o amor vaza

Quando o silêncio vence
mas a alma berra
e a paixão penetra

Este grito é silencioso mas explode dentro de nós!

Paulo Mello disse...

Uma tela e a margem que ela dá para várias interpretações.

Excelente quadro, excelente o poema.

Gostei do teu buscar no passado um presente para nos ofertar.

Fica um abraço e votos de um final de semana de alegrias e doces recordações.

temavondodementiras disse...

Muito lindo. Ainda nem que aqui vim parar. Gostei muito. Muito suave, mas com palavras bem fortes. Vou linkar. bj

PintoRibeiro disse...

Bom fim de semana, bjinho,

naturalissima disse...

Simplesmente belo... ecos de sentimentos...
Um bom fim de semana

Amaral disse...

É um belo poema!
Um grito que sai dum peito que arde e ecoa ao longe, trazendo-nos as cores que nos mudam a forma de ver o mundo...

Carracinha linda! disse...

Às vezes apetece gritar com toda a força e deitar para fora a raiva que nos consome.

A propósito deste tema, também já fiz um post em que também coloquei este quadro. Excelente escolha!

Fuser disse...

Venha ouvir o Encontro da Terra Brasilis.

beijos

fuser

mulherazul disse...

Foi das telas que mais me impressionou, lembro-me como se fosse neste instante e o mais interesante é que fiquei angustiada e uma vontade monstra de gritar. alias ainda me faz esta efeito.

mulherazul disse...

alias Jacques Brel, entrou na munha vida, a 10 anos et je ne le qutterais jamais. ele é fantastico em palco.

Rafael Velasquez disse...

perfeiro... mas a angustia passa com tudo nos passa, só não deixa passar e lhe levar algo.

grande abraço.

alice disse...

um grito de vidro à vida ;) gostei muito de ler. bom fim de semana.

beijinhos.

mixtu disse...

um dos "quadros"...
grito...

eu grito
tu gritas...
eles gritarão? talvez...

abrazo

L.S. Alves disse...

Perfeito casamento. Imagem e palavra.

herético disse...

o "famoso" grito...

... que o teu poema exprime com intensidade.

muito belo.

mafalda disse...

Que nenhum grito fique aprisionado na garganta!

Um beijo.

o alquimista disse...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia…

Bom fim de semana

Doce beijo

João JR disse...

Linda homenagem...adorei!
Um gd abraço para ti:)

Som Do Silêncio disse...

Belo poema, gostei de conhecer o teu cantinho.
Beijinhos

madrugada disse...

Não gosto de gritos em qualquer tipo de contexto!

Prefiro o sussurrar palavrastais como:
Belissimo texto 2005.

Moinante disse...

Extraordinária junção das três artes : pintura , poema e musica .
É de um sentimento intenso ...
Obrigado por facultares esta sensação .

A saga de Chico chegou ao fim .

Um óptimo fim de semana .

Bjos .

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Um bom fim de semana com gritos e um abraço.

Doces Momentos disse...

gostei muito deixo um beijo doce

Maria Clarinda disse...

Sem palavras....soberbo.
Jinhos

M.P. disse...

Deixo-te apenas um beijo.