terça-feira, março 20, 2007

Poeta, não...




Poeta não sou
Busco as palavras
Como quem percorre um labirinto
E se um dia as encontro
Pequenas, rudes, bravas
Para dizer por mim aquilo que sinto
Poeta, isso sim…
Nem sequer vejo mais alto
Ou finjo ser aquilo que até sou
Não tenho sonhos de ouro
E se, de mim, a ave sonha que voou
Quebra o voo nas asas imperfeitas
Os caminhos de larga poesia
Terminam sós, em veredas estreitas
Poeta não sou
Nem é meu destino a poesia
O poema dói quando sai do peito
Mesmo que seja um grito de alegria
Poeta, talvez só para ti
Nos dias em que paramos o tempo
E no todo de nós que se entrelaça
Há um poema solto
Rima alada de um momento.


Foto by Ewa Brzozowska

39 comentários:

alice disse...

boa noite ;) há um poema aqui. que ensina a escrever uma palavra rara e transparente. eu gosto de ouvir o segredo que ela traz. e aprender a soletrá-la pela vida fora. um beijinho.

João JR disse...

em cada um de nós há um poeta escondido...uns sabem como deixarem aparecer, outros não!
E tu sabes..:)És das minhas!
Um grande beijinho

M. disse...

Belíssimo este teu sentir.

MARIA VALADAS disse...

O poema dói quando sai do peito....concordo contigo!!

Mas se for um poema sofrido... é porque o peito está doído!

Gostei muito deste poema...li e reli...

Beijinhos da

Maria

Estrela do mar disse...

PROVA DE AMIZADE...
>>>
>>>000000000000000000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000__________0000000
>>>00000000________00000000
>>>000000000______000000000
>>>0000000000____0000000000
>>>00000000000__00000000000
>>>000000000000_00000000000
>>>000000000000000000000000
>>>“Você pode ter 10 AMIGOS,
>>>Rir com 9,
>>>Conhecer 8,
>>>Conversar com 7,
>>>Festejar com 6,
>>>Se abrir com 5,
>>>Contar com 4,
>>>Chorar com 3,
>>>Precisar de 2,
>>>Só não pode esquecer de 1,
>>>EU!“
>>>Mande para os seus amigos, incluindo a pessoa que te mandou.
>>>**Se vc não receber nenhuma resposta: Cuidado! Faça mais amizades.
>>>***Se vc receber de volta 2x vc está longe de um bom começo.
>>>****Se vc receber de volta 3x vc é um bom amigo.
>>>****Se receber 4x vc é popular

Besitossssssssss

Estrela do Mar (Sandra)

bettips disse...

Meu poema em flor, seguiu para ti, agradecendo poemas de palavras. Bjinho

lena disse...

um poema sentido!

rasgo os caminhos da palavra e deixa me absorver no tempo

"O poema dói quando sai do peito"

concordo contigo, sei que dói muito e deixa uma ferida difícil de cicatrizar

um poema solto que agarrei por momentos...

belo!

abraço-te com ternura menina da vida de vidro, abraço-te até te sentir

beijos

lena

Nina Owls disse...

"Não tenho sonhos de ouro
E se, de mim, a ave sonha que voou
Quebra o voo nas asas imperfeitas
Os caminhos de larga poesia
Terminam sós, em veredas estreitas
Poeta não sou
Nem é meu destino a poesia". Permite-me discordar.

Pierrot disse...

Poeta uma vez, para sempre poeta, ainda que na alma, na forma de ver o mundo, na maneira de pensar o sentimento...

Poeta, mais do que um título, forma de estar na vida e uma maneira de sorrir para o que nos acontece e descrevemos, mesmo que a frase nos saia triste...

És poeta sim, vida de vidro ou antes, vida que estás para lá desse vidro...

E que o grito neste dia especial saia mais audível
Bjos daqui
Eugénio

Licínia Quitério disse...

Se não és Poeta, como é que sabes que "o poema dói quando sai do peito/ ainda que seja de alegria"? ;)

Beijinho.

Carracinha linda! disse...

Pois eu cá acho que tens veia de poeta. E escreves lindamente!

Beijocas!

Maria Clarinda disse...

Mais um poema lindo, música e foto. Jihs mil.

Rafael Velasquez disse...

não ser poeta é ser poeta em outras partes?
=D

as velas ardem ate ao fim disse...

Parabens a ti!Esta poesia é linda.

bjinhos

PR disse...

Poeta ou não, gostei. Mesmo. Boa noite e um bjinho,





http://www.chamas-7.blogspot.com/

sotavento disse...

Não podes decidir da poesia, ela nasce, simplesmente!... :)

Pedro Branco disse...

Perguntem-me porque escrevo e partirei! Arrumo os dedos. Fecho a alma. Afago as lágrimas. Levanto, finalmente, a cabeça. E vou. Seguirei um caminho qualquer. Onde não haja perguntas. Nem respostas. Onde não hajas tu. Nem eu. Porque escrever é ter-nos sempre.

Beijo.

intruso disse...

Fiquei arrepiado!

Melhor ainda se tornou ter lido o poema ao som de Rodrigo Leão!

Muito bom.

Luis Mendes

Escorpiana Explosiva disse...

LINDA POESIA ,MAS COM CERTEZA QUE TODOS NÓS POSSUIMOS UM POUQUINHO DE POETA SIM DENTRO DE NÓS.

NÃO TENHA VERGONHA DE ADIMITIR POIS AS BELAS PALAVRAS QUE SAEM DE SEU PENSAMENTO NÃO DEIXAM DE SER UMA POESIA.

ABRAÇO

Placi disse...

Não serei vencida,
Não!...
Pela solidão dos meus dias,
Pela ausência da fragrância desse amor,
Pelo frio que varre as minhas noites.
Serei uma vencedora
Amarei sempre cada Primavera!

Placi

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Espero que me desculpe forma como faço os meus comentários, mas é pura e verdadeira...
Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo – por isso gosto de deixar pensamentos frases de outros autores como presente da minha gratidão e do meu encanto do que leio, do que observo nas imagens e na escrita.
É a minha maneira de ser...
A critica faço-as, da forma como somos tratados pelo Estado que ignora os problemas da nossa sociedade e como pouco ligam aos grandes talentos que encontro nos blogs.
Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar.
Sou apenas uma amadora de escrita que escreve pela beleza de sentir na escrita as palavras que me vão na alma e penso que é essa a beleza que encontro naquilo que leio cada um escreve com a sua beleza.
Não quero com isto desrespeitar ninguém até porque as palavras lindas, bonito têm um grande significado no meu vocabulário.
Boa semana
Desculpem-me a repetição do post, mas julgo que nem todos entenderam...

Esta é a frase que vos deixo: se pudesses estar perto de mim talvez encontrasses a resposta porque te olho, porque choro sem te conhecer. Se um dia te encontrar entregarei o meu sorriso, é nele que escondo tudo aquilo que sinto só para te ver feliz.

Beijinhos
Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

daniel sant'iago disse...

Ser ou não ser... poetisa!
És!
Bj.

melgadoporto disse...

Poeta és...
O teu destino pode não ser a poesia,
mas sem dúvida será um poema...
Quando decidires sair das palavras para o sonho!
Claro que poeta és...
“Nos dias em que paramos o tempo
E no todo de nós que se entrelaça
Há um poema solto
Rima alada de um momento.”
Mesmo que só para ele sejas...

diabinho disse...

De poeta todos nós temos um pouco...
Segundo dizem, a poesia é a trasposição dos sentimentos, das emoções para as palavras...

Beijinhos

PS: Gostas de Rodrigo Leão? Vai ver o diabinho...

Moura ao Luar disse...

E poeta porque não?

PR disse...

Passei, bjinho,

mac disse...

E tão grandes poetas que a Literatura nos deu...dá a sensação que, hoje, é uma profissão em vias de extinção...

herético disse...

"a Poesia é para comer..." e para sentir!...

... e quando escreves assim "em rimas aladas de um momento" emprestas forma de Mulher à Poesia.

brilhante!

maria josé quintela disse...

poeta, sim!

Papoila disse...

Um bjinho de uma Alma cheia de sentidos, todos diferentes...
Papoila Sonhadora,

sonia r. disse...

Bom fim de semana. Bjinho.

Pedra da Lua disse...

Ser poeta não é apenas escever poesia é vivê-la, senti-la escorregar pela alma afora...
Um beijinho.

Nilson Barcelli disse...

Não és poeta?
Mas eu acho que és.
Este poema é excelente. E sei que te doeu ao sair do peito...
Bom fim-de-semana.
Beijo.

Enfim... disse...

não deixa de ser bonito Bjokas e bom fim semana

PR disse...

BFsemana, bjinho.




http://www.chamas-7.blogspot.com/

osangue disse...

Bom fim de semana.

Moinante disse...

Quem disse que não há poetas ????
Todos somos , porém , só alguns têm o dom de conseguir transcrever o pensamento interior rimando ...
Está soberbo ...

Um bom fim de semana ...

Já está ao dispor XIV episódio de « Amar um " filho " , sem ser pai ... »

Paulo Mello disse...

Poeta, poetisa, sonhadora... seja lá que nome se dê a quem entrelaça as palavras em rede de luar, nos labirintos dos sonhos, ou as faz florescer em jardins encantados de luz, seja lá que nome se dê, tu és sim, amiga, uma fada da poesia.

Teus textos e poemas nos dão essa certeza, e ficamos nós, quais súditos afeiçoados, presos à magia da tua palavra que goteja sonhos.

Deixo-te um abraço e votos de um domingo de alegria e paz.

Opintas/Bernardo disse...

Ora bom dia e bom domingo!