sábado, março 17, 2007

Olhando uma foto (II)




Tropeçou em destroços de palavras que se afogavam em águas aparentemente paradas. A luz trespassava-lhe o corpo. Como se fosse o primeiro dia da criação. E quedou-se ali, espectadora à beira do lago estagnado. À tona de água, farrapos de desilusão previsível. Não os afastou, não os tentou apanhar. Limitou-se a segui-los com os olhos sem brilho. Era a hora de se afastar dali. Ansiava lavar o olhar em água límpida.




Foto by Nirvina Li

38 comentários:

ediney santana disse...

texto de reflexões,me levou tão longe esta noite

maria josé quintela disse...

as palavras mergulham em águas estagnadas para conhecer o lodo.
depois lavam-se em água corrente. e tornam-se transparentes.

Kalinka disse...

...limitou-se a segui-los com os olhos sem brilho...

Mas...
bom, bom, é ir de férias:
ri-me, diverti-me, tentei pôr o sono em dia, e...principalmente não pensei no trabalho.
férias ideais? Se uns encontram energia nas viagens, outros preferem relaxar à beira-mar e mexer-se o menos possível.

Eu... fiz 1000km em 3 dias de viagem, pelo sul de Portugal. Passeei de carro e a pé, descobri lugares lindos e apaixonei-me pela Natureza, cada vez mais.

Já que estava c/a mão na massa...eheheheheh, tirei 88 fotos digitais e outras 48 da máquina antiga.
Vou ter muito material fotográfico para os próximos posts.

Bom fim de semana.
Beijitos.

Lord of Erewhon disse...

Bom f-d-s também.

Nilson Barcelli disse...

Prosa poética, num texto muito bem conseguido.
Bom fim-de-semana.
Beijo.

mac disse...

Às vezes o que está à tona engana...é preciso mergulhar bem fundo para descobrir as águas vivas.

Licínia Quitério disse...

Água límpida é cada vez mais a tua escrita.
Discute-se para aí se há escrita no feminino. Não sei. Sei que venho aqui e me reconheço. Deve querer dizer alguma coisa.

Beijo.

M. disse...

Belíssimo este encontro entre fotografia e palavras. Uma a uma, cada palavra tem uma enorme beleza. É tão o bonito o falar humano!

JPD disse...

Bela adormecida, insatisfeita, jamais resignada...
:)

Moinante disse...

Foi mesmo lá do fundo , com impressionante sentimento ...

Bom domingo ...

PR disse...

Belíssima. Bom domingo, abraço,

Placi disse...

Um dia quis ser guitarra.
Quis entregar-me ao calor de umas doces mãos. Quis através delas soltar de mim melodias.
Quis em notas puras - tristes ou alegres - penetrar a alma e deixar em água olhos que até então se fechavam ao sentir.

Placi

amf disse...

também gostei.

Amaral disse...

Uma foto diz mais que mil palavras, mas esta está bem complementada e dá-lhe um brilho diferente e pessoal.
Os farrapos de desilusão trespassam o corpo, no corte fino que separa dois estados...

Francieli Rebelatto disse...

Que olhar, que sensibilidade, enfim essa imagem poderia falar por si. nas entrelinhas de seu sentidom, tantas possibilidades de sentido, de desejos, de descrenças..Enfim, olhando uma foto, mas quanto ela tem a nos dizer não é mesmo...

Beijos, um bom domingo e te cuida...

herético disse...

o texto é muito belo. arrepiante de sensibilidade. como é uma lágrima de cristal...

Cris disse...

Quantas vezes olhamos e "chafurdamos" em águas sujas, sem a vontade, sem a força de lavar alma em outras águas, mais limpas...? Comoveu-me o que escreveste, de modo que não posso sequer comentar.

Beijinhos
Cris

cacharel disse...

Olhando uma foto... li-te e reflecti muito... muito lindo!

Beijo perfumado*

MARIA VALADAS disse...

Para reflectir este bom texto!

Beijos da

Maria

Amor Eterno disse...

\-------------------------\
\ Vim voando \ __
\ para te desejar uma \ | \
> Um ótima semana! >----------| \ ______
/ 1 B-Jãoooooooooo / *_____/**|_|_\____ |
/ °° ټ ټ °°˚ / \_______ --------- __>-}
/-------------------------/ / \_____|_____/ |
* |
~-.¸,.-~*´`*•~.¸,.~**•~-.¸,.-~*´•~-.¸,.-

Escorpiana Explosiva disse...

LINDA IMAGEM E ESSAS PALAVRAS NÓS LEVA A REFLETI AS COISAS Q PASSAM AO NOSSO REDOR.


AS ÁGUAS CORRENTES SABEM A Q DESTINO LEVAR NOSSOS PENSAMENTOS.

Q SUA SEMANA COMECE BEM

naturalissima disse...

"Tropeçou em destroços de palavras que se afogavam em águas aparentemente paradas... Ansiava lavar o olhar em água límpida."

Com a simplicidade, leva-nos a reflectir com profundidade...

PURIFICAÇÃO!
Uma bela semana
Daniela

Enfim... disse...

Consegui atingir ou objectivo lol.bjokas

Tiago disse...

Limpas, o olhar, límpido o reflexo, de quem te olha, a água...

Carracinha linda! disse...

"E quedou-se ali, espectadora à beira do lago estagnado."

Às vezes é preciso um tempo para parar, observar, analisar e só depois então seguir em frente. Digo eu...

Beijocas

melgadoporto disse...

Água límpida!
Sem dúvida uma ansiedade cada vez maior de todos nós.
Nós aqueles, sem modéstia, que acreditam num mundo diferente.
E diferente na nossa forma de lidar com “as águas paradas”.
Apesar de a vontade de nos afastarmos dos destroços seja muita,
continuo a acreditar que alguns merecem ser “resgatados”.
E merecem sob pena, de um dia, podermos ser nós os destroços!
À tona da água!
:)

PR disse...

Boa noite, boa semana, bjinho,

Rui Luís Lima disse...

olá
obrigado pela visita e comentário ao nosso blogue de cinema
cumprimentos cinéfilos e bons filmes:)
paula e rui lima

Rui Luís Lima disse...

olá
obrigado pela visita e comentário ao nosso blogue de cinema
cumprimentos cinéfilos e bons filmes:)
paula e rui lima

maria disse...

"lavar o olhar"... "em água límpida"...

quase o mesmo que dizer "purificar-se"... mas de uma forma vítrea... como só tu sabes!!! (sorriso terno).

Um beijo leve (para não correr o risco de quebrar o vidro e evitar a passagem de qualquer germe para essa redoma de sentimentos genuínos).

Presença disse...

Que seja essa água... água viva... vida que renasce e dá vida

bjo de cristal.

Luís Galego disse...

farrapos de desilusão previsível...

jogo de palavras, jogo de emoções

intruso disse...

Belo texto!

Bom trabalho...

Alê Namastê disse...

Amo fotografias.
Nem preciso comentar sobre a sua, né?!
Beijos*

Unicus disse...

Tropeçamos sempre nos destroços de nós mesmos. Apanhamo-nos constantemente..
Beijinho

lena disse...

Vida de vida, aqui não tropeço nas palavras. aqui saboreio cada uma delas e os meus olhos enchem-se de brilho

um excelente texto, que nos deixas, para reflectir, há sempre uma hora...

abraço-te ternamente e é gratificante ler-te

beijinhos para ti

lena

Pierrot disse...

E estava simplesmente a adimar este mundo, a tentar sentir a sua vibração, a sua rotação...
E ao olhar para o céu, diria como carl sagan, espero que esteja alguém do outro lado do céu senão, tudo isto será um tremendo desperdício de espaço.
Bjos daqui
Eugénio

Maria Clarinda disse...

Que bonito...pensei, pensei e também fui lavar os meus olhos...mas nas tuas palavras lindas!