sexta-feira, março 02, 2007

Olhando uma foto (I)




O mar da saudade


Sempre no mar te procuro quando o barco que te leva se afasta. Uno a voz ao cântico doce amargo de gerações de espera. Nas rochas encontro outros olhares que por ali ficaram. O tempo desfaz as barreiras na unicidade de sentimentos. O mar da saudade é um só, em todas as praias onde morre.




Foto by Maria Flores, The sea will bring you through the times III

32 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Belas palavras, a navegar num mar de saudade, que "é um só, em todas as praias onde morre."
Bem integradas com a foto, que também é muito boa.
Beijos.

PR disse...

Magnífica, por sinal. Bom fim de semana.

Cris disse...

A saudade...eterna companheira da alma Lusitana. Linda foto!

Passei por aqui para deixar um beijinho de bom fim de semana

Cris

M. disse...

Aqui também há saudade... Quem vive sem ela?

melgadoporto disse...

A melancolia leva-me a um pensamento:
Como adoro voltar aquela praia…na esperança!
;)

Paulo Mello disse...

Mar e saudade... praias onde o amor se re(encontra) com nossas lembranças. Adoro ficar à praia vendo o nascer ou o pôr do sol, e faço isso muitas vezes, apenas para repor energias.

Deixo-te um abraço e votos de um fim de semana de coisas boas.

Alequites disse...

Lindo! "o mar da saudade é um só..."
Bom final de semana!
Beijos

Dara Martins disse...

Ultimamente ouço muito boa gente falar dessa GRANDE palavra - SAUDADE.

Basta olhar para a imagem...

É bom sentir saudades, mas por vezes é difícil, mas significa que existe sempre alguma coisa...

Bjitus & Bom fdsemana!
Dara

maria josé quintela disse...

a memória deste filme, desta música, deixam-me sempre com um nó na garganta.
também a saudade.

MARIA VALADAS disse...

Palavras profundas a acompamhar uma bela fotografia!
Bom fim de semana.

Beijo da

Maria

Klatuu o embuçado disse...

A força de Virginia Woolf e a nostalgia d'«O Piano».

Dark kiss.

collybry disse...

O mar...a saudade, e bela imagem, bjca

miss owls disse...

a foto é linda de morrer...deixas-nos a vaguear no mar que escolhemos ser melhor para nós...os olhos perdidos buscando outros olhos (e a lembrança arrasta-se nas vagas) e terminas dizendo que o mar da saudade morre sempre em todas as praias. O mar, se é vida é trágico. O nosso cheira a fado. Dos amores idos. E continuo vagando, saindo do teu mar e entrando no de Neruda.
Alice (disse o teu nome com sotaque british) have a nice weekend.
NR: mendigando uma das tuas músicas de eleição, via email? ups, saindo envergonhada pela pedinchisse. ;)

herético disse...

há mar e mar. há sempre ir e voltar!

...no mar das saudades!

mac disse...

A música é a ideal para o post...
Faz lembrar a espera que antigamente as mulheres dos pescadores faziam, esperando que eles regressassem sãos e salvos do mar.

Presença disse...

O mar leva mas também tras...

Bjo de cristal.

Escorpiana Explosiva disse...

Mas que bela imagem minha cara amiga e texto também.

Deixe que seu pensamento navegue até o 1 barco que passar quem sabe ele traca quem vc tanto espera.

E dai a saudade não mais sentirar,apesar se temos saudade é porque fomos felizes.

Um abraço.

Moinante disse...

Que saudades tenho de subir aos sobreiros e espreitar os ninhos , de saltar um barranco de uma só vez , de ouvir o cantar ao despique das cigarras , do voo a pique de um milhafre ...

Há sempre alguém que nos diz
Tem cuidado
Há sempre alguém que nos faz
Pensar um pouco
Há sempre alguém que nos faz falta
Ai saudade

A saudade é poema , é mar , é campo , é alguém ... é fado ...

Um bom fim de semana .

Opintas/Bernardo disse...

Bom fim de semana e um abraço.

Licínia Quitério disse...

Oiço o som das teclas do piano. Mar e saudade casaram há muito.

Sempre sensível.

Bom fim de semana.

alice disse...

é a minha vez de agradecer as suas palavras. ainda bem que o lermo-nos uma à outra é agradável para ambas. votos de bom fim de semana. gostei de ler. um grande beijinho.

alice disse...

amo esta música ;)*

Anónimo disse...

Quando se olha o mar com sinceridade e de cada vez como se fosse sempre a primeira até respiramos de tanta paz...
A Saudade é o único sentimento que aí aparece para nos inquietar...
um beijo

Pedro Branco disse...

Lindo!

Kristal disse...

Seu texto é muito delicado e me deixou um pouquinho melancólica.
A linda música do piano ao fundo, ajudou, também !

PR disse...

Bom dia e um bjinho. Apesar da chuva.

achama disse...

Que belo olhar. Bom domingo.

M.P. disse...

O mar da saudade traz a espuma da recordação nas ondas da memória. O ir e vir constantes de momentos que espraiam no nosso coração e nos fazem reviver passadas Atlantidas. Boa semana. Beijinhos muitos

Cris disse...

Regressei.... a foto prendeu-me.. parece tirado do filme O Piano.

beijinho, té manhã

efvilha disse...

Ainda haverá de chegar um tempo em que não precisemos esperar.
E nem haverá mais oceanos de saudade
que se agigantam com as nossas lágrimas derramadas nas praias da espera.

Cordial abraço.

as velas ardem ate ao fim disse...

A saudade une nos a todos.Todos temos saudades...

Linda foto esta, a tua.

bjinhis

Klatuu o embuçado disse...

Vida de Vidro... não sejas ingénua... ESSA GENTE É MERDA!... misturam a morte e a vida, o bem e o mal, a verdade e a mentira... até que tudo deixe de fazer sentido, até que tudo pareça legítimo... e por detrás dessa película repete-se sempre o mesmo fotograma: FARDAS DOS SS E HEIL HITLER!!

Acorda...
Dark kiss.