sábado, fevereiro 24, 2007

Triangulando




Triangulando
porque a vida não é recta
e em cada trilha secreta
existe um ângulo
uma dobra no destino
um (de)grau, um desatino.
Faço o triângulo
de vértices suavizados
por entre traços cruzados
procuro os caminhos certos.
Subo as linhas dos catetos
e quando algo me acusa
deslizo pela hipotenusa
sem grande pressa
que no esperar está o jeito
de pôr a vida às avessas
num só triângulo perfeito.

29 comentários:

PR disse...

Gostei, mesmo. Difícil está em comentar nesta caixa. Bjinho.

bom dia isabel disse...

Gostei. Muito, como sempre. Triangulando? Que remédio! A vida não é recta mesmo.
Beijinhos

miruii disse...

Ai linda vida de vidro, com vidros nos triângulos... deixa-me entrar!

Obrigado pela visita, deixei um recado para ti no meu sítio, só para não poluir o teu, lindo e transparente, como às vezes consigo ter as minhas asas...

kalinka disse...

Que bom que retornei ao seu cantinho.

Na nossa caminhada de Vida, muitas vezes temos que nos apartar do mundo e ficarmos a sós connosco. Para reflectirmos e adquirirmos forças para seguir, porque tudo é um caminho sem volta.
Estou aqui e estarei sempre.

Não esqueci que, pelas tuas palavras, eu percebi que o mundo continuava ali, e que era hora de voltar a vivenciá-lo. Elas, na época, foram a força que precisei para inciar esta nova caminhada que, hoje, me é tão prazeirosa.

Beijitos.

Bom fim de semana.

Klatuu o embuçado disse...

Ainda não vi nenhum triângulo perfeito... mas têm a sua graça... :)=

Dark kiss.

P. S. Gostei do poema.

Paula e Rui Lima disse...

Olá Vida de Vidro!
Gostámos muito de ler este "triângulo da vida" e as tuas palavras fizeram-nos pensar, como por vezes o triângulo do amor conduz ao deserto da vida, porque as marcas deixadas nesse mesmo deserto terminam sempre por ser apagadas pelo vento, levadas pela memória para outras paisagens. Estas palavras porque elas recordaram-nos o filme que vimos ontem à noite "Desengano" do Fritz Lang, onde existia esse triângulo fatal.
Queremos agradecer a tua visita ao nosso blogue de cinema "Paixões & Desejos" e esperamos que regresses sempre. Parabéns pelo poema gostámos muito.

Paula e Rui Lima

maria josé quintela disse...

geometrias perfeitas.

muito bonito e musical.

um beijo.

M. disse...

Bem visto! E felizmente que
"a vida não é recta
e em cada trilha secreta
existe um ângulo
uma dobra no destino
um (de)grau, um desatino."
Doutro modo seria monótona e claustrofóbica.

PR disse...

Nada como a diferença mas sobra(-nos) sempre a poesia.
Bom domingo, bjinho.

poca disse...

sim.. não é recta, não é linear..
beijinho e bom domingo

herético disse...

equilibrio perfeito. não fora a hipótese da hipotenusa... rss

"no esperar é que está o jeito", sem dúvida. perfeito.

gostei muito. muito mesmo!

melgadoporto disse...

“Triangulando
porque a vida não é recta
e em cada trilha secreta
existe um ângulo
uma dobra no destino
um (de)grau, um desatino.”
Uma deliciosa forma de encarar o mais díficil dos “teoremas”...
:)

Conceição Bernardino disse...

Olá,
“ Somos a ponte para a eternidade,
Formando um arco sobre o mar,
Procurando aventuras para nosso regozijo,
Vivendo mistérios, optando por calamidades,
Triunfos, desafios, apostas impossíveis,
Pondo-nos à prova uma e outra vez,
Aprendendo amar.”
Excerto de “Richard Bach”

É com esta força que renasço todos os dias, para continuar a minha caminhada...
Espero que gostem deste pequeno presente.
Beijinhos, que a escrita nos una!
Conceição Bernardino
25-02-07
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Conceição Bernardino disse...

Olá,
“ Somos a ponte para a eternidade,
Formando um arco sobre o mar,
Procurando aventuras para nosso regozijo,
Vivendo mistérios, optando por calamidades,
Triunfos, desafios, apostas impossíveis,
Pondo-nos à prova uma e outra vez,
Aprendendo amar.”
Excerto de “Richard Bach”

É com esta força que renasço todos os dias, para continuar a minha caminhada...
Espero que gostem deste pequeno presente.
Beijinhos, que a escrita nos una!
Conceição Bernardino
25-02-07
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

JPD disse...

Olá!

Há «pano para mangas» nas três opções básicas da triangulação: escalena, equilateral, isósceles!

(O filme do Clinte ainda não vi.)
Bjs

Grilinha disse...

Não sei se é tara ou mania mas sou fascinada pelas figuras geométricas.
as reuniões passava grande parte do tempo a fazer pirâmidesde tringulos encadeados ou caixos de uvas que no final transformava os bagos de uva em triangulos.
Se calhar há mais pessoas como eu.
Boa semana.

Presença disse...

Deve ser perseguição... mas os triangulos perseguem-me... mas os triângulos são perfeitos demais para serem vivos a nivel humano...

Bjo de cristal

Opintas/Bernardo disse...

Bsemana, abraço.

Carracinha linda! disse...

A vida não é uma linha recta, pois não. Tantas opções que surgem, tantas escolhas que fazemos. Andamos por aqui a triangular!


Beijocas e boa semana

Alequites disse...

Ah! Vamos viver então triangulando, horas nas pontas, horas nas retas, hora em todo espaço.
Boa semana!
Beijos

Francieli Rebelatto disse...

é isso o segredo da vida, preceber diferentes formas,viver intensamente em cada uma delas e das formas, fugir para tb não ser apenas uma forma, e sendo forma, seria estática..mas quero vê-la solta entre a forma poética apenas de tuas palavras...

Beijos e te cuida, uma ótima semana

Dara Martins disse...

Pois é, a vida não é de todo uma linha recta...

E se fosse?
Em momentos seria bom, noutros não teria a mesma piada. não achas?

Um beijo,
Dara

Paulo Mello disse...

Versos gostosos de ler, cadenciados, e trazendo uma grande verdade sobre as opções e os encadeamentos que se formam pela vida a fora. Belo poema.

Deixo-te votos de uma excelente semana e um afetuoso abraço.

Maria Clarinda disse...

Uma das minhas canções preferidas do Leonard, com mais um poema maravilhoso.
Jinhos mil.

Nina disse...

perfeito se perfeito pudesse ser, este teu poema triangular.
Me gustou mucho...triangulando a eito, esticas o lábio e encolhes o peito e dás-me um abraço quadrilatero. ;)Lol A tua hipotenusa, os teus catetos bem cuidados. Tb já fiz um destes, mas saiu com mais estatistica do que este teu. Este tem afectos.

Take care miss

as velas ardem ate ao fim disse...

Sabes que a figura geometrica que mais gosto é o triangulo.Ele pode ter os lados diferentes, 2 iguais ou todos iguais e ser sempre perfeito.

bjinhos

pitanga disse...

Se a vida fosse reta, certinha, sem desvios nem atalhos...que mesmice! O bom está no imprevisível, no coração acelerado com o inesperado.

beijos doces

sotavento disse...

Gosto de geometria!... (Dá jeito no snooker...);)
Mas a geometria das tuas palavras é incomparável!... :)

maria disse...

Que belíssima triangulação, vida de vidro. Fico melhor comigo e com a vida quando leio um texto como este.
Obrigada.