segunda-feira, maio 25, 2009

o violoncelo



by Rainer Pawellek

vários são os sons do primeiro dia. a água que corre. a colher que bate na chávena. um leve miar do gato. o ruído indistinto de quem ainda se entrega ao sono. vindo de muito perto, o violoncelo. gemido dolente. um apelo. um grito que sobe na escala da angústia. até à queda na nota grave. o inaudível som do violoncelo amanhece dentro de mim. no início do primeiro dia.

22 comentários:

Paula Raposo disse...

Que bonito, Alice!
Gostei imenso do teu poema dito pelo Jorge Castro na 5ª feira em S.Domingos de Rana! Beijos.

Violeta disse...

e eu que adoro o som do violoncelo...

Justine disse...

Bom prenúncio, o som do violoncelo e as tuas palavras elegantes e luminosas

Cris Vieira disse...

Bela imagem em PB, maravilhoso momento.

nuvem disse...

Li as notas de música nas tuas palavras... :)

Beijinhos

Marinha de Allegue disse...

Adorable instrumento!!.

Unha aperta musical.
:)

~pi disse...

viagem dentro do som

( sonho ou

não-sonho ?





~

heretico disse...

que os sons do violoncelo te acompanhem. sempre...

beijo

Nuno G. disse...

muito lindo... vou voltar!

(www.minha-gaveta.blogspot.com)

Tchi disse...

Distinto amanhecer a trocar os acordes do mundo.

E gostei desta melodia.

Beijinhos.

alice disse...

é bonito quando, aplicados a um poema, os instrumentos parecem tocar de verdade :) gostei muito! um grande beijinho.

Vieira Calado disse...

Diz que o som do violoncelo
é o mais parecido com a voz humana.
O seu poema parece reflectir isso mesmo.

Abraço.

Ana disse...

A foto é magnífica, o texto lindo e o som do violoncelo é daqueles que nunca se esquece.

hfm disse...

Belo como o som do violoncelo um dos meus instrumentos preferidos.

Secreta disse...

Que belissimo som para escutar no sinicio do primeiro dia , de todos os dias.
Beijito.

Baudolino disse...

Descrever assim o início do dia, como o início de tudo, da vida, simples e grandioso.
abraço

AnaMar (pseudónimo) disse...

Quase que ouvi o violoncelo pelo sons destas palavras.

(E não fechei o blogue. é apenas um intervalo...)
Bjs

Carracinha Linda! disse...

Gosto do som do violencelo, embora às vezes pareça triste, assim como gosto do som das tuas palavras.

Um óptimo fim-de-semana!

Beijinhos

dona tela disse...

Quem me dera escrever assim. Já não é nada mau eu hoje ter conseguido escrever uma crónica. Enfim...

jawaa disse...

Que bela fotografia e que belo pensamento «o som do violoncelo amanhece dentro de mim»...
Abraço

simplesmenteeu disse...

"No início do primeiro dia",
a luz entra suave pela janela debruçada sobre a vida.
Sons breves se misturam. Dentro de mim, um violoncelo, toca baixinho. Arrepia-me aquele apelo mudo... tinge o amanhecer de novas cores e chama a um novo recomeçar...

Um beijo

[₣]ÎŁĦØ disse...

é verdade, dos instrumentos de corda, o Violoncello, ou cello é o instrumento qe é mais parecido coum a voz humana;
Gostei mt do poema, toco e gosto mt do som do Cello, desnumbrante e firme
principalmente nas notas graves.
Adorei mt'