sábado, novembro 25, 2006

A minha Utopia





Cidade
Sem muros nem ameias
Gente igual por dentro
gente igual por fora
Onde a folha da palma
afaga a cantaria
Cidade do homem
Não do lobo mas irmão
Capital da alegria
(...)


José Afonso, Utopia



Foto publicada no Palavra puxa palavra

12 comentários:

mfc disse...

E onde é que algum dia poderemos encontrar essa cidade...?
Queria tanto!!!

weg disse...

Pois. Utopia..
Mas que é do homem sem ela?

Beijo, Amiga.

:)

JPD disse...

O repertório do Ze Afonso era composto de poemas lindíssimos e músicas de uma simplicidade espantosa melodicamente eficazes.
Uma delícia!

Teresa Durães disse...

gostei da fotografia

não gostaria dessa utopia :)

boa noite

innername disse...

alice, lá morreu cesariny...mundo mais pobre outra vez. beijo a "tua" nossa cidade utópica. Boa segunda-feira.

as velas ardem ate ao fim disse...

Musica linda.
Poema lindo.
Sonho lindo.

Era tão bom que "todos iguais todos diferentes" = Verdade

Bandida disse...

...do lobo também...


irmão.



__________________________

naturalissima disse...

Momento de encanto nas palavras de um belo poema,... senti frescura na fotografia (muito bem escolhida).

Um beijinho
Daniela

sotavento disse...

Disseste utopia? Disseste bem!...

Maria Clarinda disse...

Utopia!!!!!
Lindo!

batista filho disse...

através dos blogs conheci um pouco mais a música portuguesa.

Utopia, belo momento.

Estranha pessoa esta disse...

Também é a minha... e tudo o que isso implica.

:) **