segunda-feira, novembro 05, 2007

intensidade




… depois aconteciam aqueles dias em que não sabia se queria voltar. recomeçar era-lhe penoso. pegar nas pontas que tinham ficado soltas e tentar atá-las. estava a faltar-lhe o que sempre lhe fora essencial. intensidade. de dar-se aos outros. de fazer o que havia que ser feito. repetia gestos maquinalmente com enfado. percorria o labirinto dos dias, os medos escondidos em pequenos recantos. nem os medos quebravam o tédio. só uma vontade a percorria: ir-se embora. para onde pudesse sentir da única forma que aspirava. intensamente.

40 comentários:

mfc disse...

Difícil é descobrir onde é esse sítio...

myself disse...

Quando atares uma ponta outra se soltará algures por e, como bem disseste, os labirintos são difíceis de percorrer.
Texto sentido.

AMMedeiros disse...

A vontade de uma intensidade maior e libertadora pode aprisionar o movimento na direcção do sentir no dar-se aos outros, perdemo-nos nos labirintos que construímos...

Um beijo

cristina f. disse...

E percorrer os dias à espera que aconteça algo diferente, à espera do momento que nos faça reacordar e sentir que é bom respirar e sentir o arrepio da vida.
jinhos

cristina f.

O Profeta disse...

Intensamente é a forma como vivo cada segundo da minha alucinada vida...intensamente...


Doce beijo

Arte de Amar disse...

pq n escreves um livro?

Beijoca

www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

Nomundodalua disse...

minha nossa, mas que intenso esse sentimento! x)
senti verdsde nas suas palavras, pois que bom!
namastê!

M. disse...

Gosto.

maria josé quintela disse...

a intensidade também tem as suas estações...

Bia disse...

recomeçar é sempre penoso...
as voltas que a vida dá deixa-nos muitas vezes num labirinto... dificil de seguir, travessas, ruas, ruinhas... haja a coragem de começar por algum lado...
Tão doces, tão meigas, tão de vidro são feitas as tuas palavras.
Deveria ter escrito "frágil" e belo em cada momento de vidro Teu.
beijo meu

Diannus do Nemi disse...

.

Vontade de adentrar àquelas árvores!

Abraço!

.

hfm disse...

Obrigada pelo comentário.

Sobre o texto o que dizer? lê-lo e procurar o caminho, sempre.

Maria Clarinda disse...

"...ir-se embora. para onde pudesse sentir da única forma que aspirava. intensamente."

Estou aqui , contigo percorrerei o labirinto dos dias...e acredita, iremos ser capazes de chegar a esse lugar desejado.
um Jinho em forma de brisa, para que o possas sentir no vento que bater em teu rosto.

jawaa disse...

Devagarinho a intensidade volta.
É difícil deixar a beleza daquelas folhas (e palavras) belíssimas.
Um abraço

un dress disse...

se assim as pedras foram árvores- coisa que piamente acredito,

o que não poderemos nós ser ainda...!!?


muito belo o que me trouxeste :)


abraÇo.beijO

Amaral disse...

Intensamente!!!
Pegar nas pontas, ir-se embora...
Como se a vida não fosse isso mesmo: pegar ou largar, correr ou parar, dizer sim ou dizer não!
A intensidade é a força que faz vibrar essas opções!

burro disse...

a indecisão entre o querer e o não querer...a eterna confusão de sentimentos. e o medo...

e sempre fotografias que

dá vontade de estar lá

sorte a tua/sua, a de ter estado nestas cores, como num filme de w disney.

Metamorfose disse...

Intensamente... sente-se, só assim é que se sente a vida. Lindo, o texto e a fotografia.

Beijinhos.

herético disse...

a intensidade é um sentimento fugaz. as labaredas consomem o fogo. dir-se-ia...

por isso a persitência dos cálidos dias de sol. outonais!...

belo texto.

Rui Luís Lima disse...

olá vida de vidro!
já regressámos de férias e retomamos as escritas e leituras:)
com a chegada do Outono, olhamos para trás e descobrimos essa página escrita deixada a meio... recomeçar a escrita na água é uma profunda aventura e o tempo em breve irá enviar o seu convite para recomeçar a escrita das horas.
beijinhos

melgadoporto disse...

Ainda hoje tenho “vontades” do continuar.
Fim é palavra que abomino.
Acredito que tudo acontece, porque assim tem que ser.
Como tal, não reconheço o recomeçar.
Confio-me ao continuar!
Só assim sinto força de aspirar intensamente,
às “vontades” de ontem, que de hoje ainda são.
:)

Vieira Calado disse...

Eu tenho um poema que simplesmente diz assim:

"Qualquer dia roubo um barco"

Saiu em postal, com fundo de mar,
e coloquei-o no blog, no dia em que saiu.
Um abraço.

C Valente disse...

As incertezas fazem parte da vida,
acontece, O local exacto, o momento certo esse é mais dificil
Saudações amigas com um beijo

Vity disse...

Ola....

Em cada momento que a vida nos oferece, em cada tarefa que desempenhamos, devemos faze-lo com intensidade....

Porque cada momento é unico.

Muitas vezes procuramos "fora", em coisas ou pessoas, a intensidade que afinal está dentro de nós ... só temos de "solta-la" ... "vivê-la"...

Beijo
Vity

Arte de Amar disse...

Ouve, meu anjo:
Se eu beijasse a tua pele?
Se eu beijasse a tua boca
Onde a saliva é mel?

Tentou, severo, afastar-se
Num sorriso desdenhoso;
Mas aí!,
A carne do assasssino
É como a do virtuoso.

Numa atitude elegante,
Misterioso, gentil,
Deu-me o seu corpo doirado
Que eu beijei quase febril.

Na vidraça da janela,
A chuva, leve, tinia...

Ele apertou-me cerrando
Os olhos para sonhar -
E eu lentamente morria
Como um perfume no ar!

E assim vos desejo a continuação de uma boa semana!
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

JPD disse...

quando nos parece estarmos a ser esmagados pela rotina, muitas vezes esses sentimentos enfraquecidos assolam o nosso espírito e tudo à nossa volta parece afogado numa lassidão, numa névoa teimosa, onde o esforço para nos livramos é tremendo... tédio, tédio -- concordo completamente.
O desjo de partir, de retomar noutro contexto já é um bom sinal, fraco, mas poderá corresponder ao primeiro retomar de ânimo
:)

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Sentires de dentro.

paper-life disse...

Hoje consegui percorrer alguns blogs que respeito e há uma constante, de uma forma ou de outra o desencanto e a necessidade de sair do que está morto.

Mas como já escreveu mfc, para onde?

Beijo. A fugir, que seja sempre para a frente!

MH disse...

Viver a intensidade dos sentidos...

;)

carteiro disse...

...como passadas leves que num instante se tornam numa fuga.
ultrapassar os medos, deixando para trás qualquer ponta de sentimento de culpa. fugir. fugir até levantar voo :)

madrugada disse...

Por isto: intensamemte!

-SEMPRE!

PintoRibeiro disse...

Penoso. Bem dito.
Boa semana, bjinho.

Chahy disse...

intensa é a força que nos move, magoa e empurra, intensamente a vida nos embrulha em fantasias e translúcidas mentiras, que talvez até sejam verdade. Intensamente é ânsia de sermos NÓS, apenas nós, e respirar o ar que nos é devido.

Secreta disse...

Recomeçar requer isso mesmo ... intensidade ... e há dias , em que não conseguimos sentir de maneira alguma.
Beijito.

pin gente disse...

tantos são os dias em que não sei se quero voltar... se quero chegar... se quero ir...

perguntei às folhas caducas
se queriam ser perenes
responderam sem certeza
talvez por momentos breves
as perenes por seu lado
mais seguras responderam
por um mês aceitariam
e ser caducas acederam

beijo
luísa

M.P. disse...

Atando as p0ntas do Passado com as do Presente, soube que para o Futuro o cordel servia agora de apoio para fugir dela própria.. :) Beijos muitos

impulsos disse...

Não é fácil encontrar um caminho que nos leve a esse tal sítio, onde a intensidade é a palavra de ordem.
Por vezes chegamos lá sem procurar o caminho. Outras... bem queremos, mas não o encontramos!
Existe um estado em que tudo é vivido com uma intensidade desmesurada e desgastante... chama-se paixão!

Beijo

Cometa 2000 disse...

vasculhar. o dia de hoje.
o seu sentido.
aqui.
agora.


partir.
partirmo-nos.
repartirmo-nos.
não depende do espaço...


:)

Um Momento disse...

Ir embora...
Mas para onde?

(*)

Mateso disse...

Difícil, muito mesmo é recomeçar. Pegar onde se partiu ou desfaz... é
tarefa da alma mais do coração...binómio da vontade, também. Bj.